0
(0)

Os pasteis de nata de Belém, na verdade, não existe. O que existe é o pastel de Belém que, mais tarde, veio a dar origem ao pastel de nata.

Aquilo que hoje conhecemos como pastel de nata surge da tentativa de replicar o original pastel de Belém.

Hoje a presença mais assídua nos cafés e super mercados nacionais, o pastel de nata tem a sua génese, na versão que o inspirou o famoso pastel de Belém. De acordo com o que se diz, a fórmula original surgiu no século dezanove, quando os monges do mosteiros dos Jerónimos, na tentativa de sobreviver a um momento de crise, começaram a comercializar o maio símbolo da doçaria portuguesa, na zona contigua ao mosteiro. Sendo uma zona muito movimentada, com uma grande afluência de turistas, o “pastel de nata de Belém” teve uma difusão natural, tendo em conta o quão bom é.

A receita dos “pasteis de Nata de Belém” foi parar às mãos de um homem de negócios

Com o encerramento do mosteiro e a vida cada vez mais difícil, os homens do mosteiro não tiveram outra alternativa senão vender a receita a um empreendedor português recém retornado do  Brasil.  Sabendo o que tinha em mãos, criou e escalou um negócio e marca, que ainda hoje persiste nas mãos da dos seus descendentes. A receita original permanece exclusiva do pasteis de Belém e é mantida fora do alcance do olhar dos curiosos, patenteada e guardada a sete chaves. Aqueles que hoje, com a finalidade de produzir a iguaria, têm acesso a esta, fazem-no apenas mediante um voto e juramento de confidencialidade e segredo.

Os pasteis de nata são a adaptação dos pasteis de Belém

Quando nos referimos ao bolo que encontramos em 99% dos cafés portugueses, para bem dizer, temos de lhes chamar de pasteis de nata e não de Belém. Não que não sejam bons, são muito mesmo, mas uma coisa não é a outra. Hoje é possível encontrar dezenas de variações de receitas de pasteis que vale a pena experimentar: o pastel de nata tradicional; o pastel de nata com chocolate; o pastel de nata sem glúten; o pastel de nata da Bimby, entre muitos outros. Conheça, aqui no portal do pastel de nata, as melhores receitas, ou explore e descubra um pouco mais sobre a história desta maravilha que, cada vez menos, é só de Portugal e, cada vez mais, do mundo.

Se gostou deste artigo, leia também:

O que achou de desta receita?

Clique na estrela para a avaliar!

Classificação média 0 / 5. Contagem de votos: 0

Ainda ninguém avaliou! Seja o primeiro!